quarta-feira, 11 de julho de 2012

RESULTADO DO IDEPE 2012



Secretários apresentam os números de Idepe 2011. 20 escolas apresentaram índice maior ou superior a cinco

Escola de Referência em Ensino Médio de Timbaúba (EREMT), 
Foto Internet
 

O secretário estadual de Educação, Anderson Gomes, apresentou nesta segunda-feira (9), na sede da Secretaria, na Várzea, Zona Oeste do Recife, os números do Índice de Desenvolvimento da Educação de Pernambuco (Idepe) referente ao ano de 2011. Pela análise dos dados, a educação no Estado tem apresentado melhoras.

Pernambuco possui 1.101 escolas e um total de 810.617 alunos matriculados na rede estadual de ensino. Desse total, o estudo avaliou 127.132 alunos de 928 escolas. Os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental (antiga 4 série) foram os que apresentaram maior crescimento no índice que subiu de 4,0 para 4,4. No 9º ano (antiga 8ª série), o crescimento foi de 0,1: de 3,4 para 3,5. Já no Ensino Médio, os números subiram de 3,0 para 3,3.
 

Os números apontam para um crescimento maior do que o esperado para as projeções dos índices nacionais de 2013. A taxa de Pernambuco é calculada de acordo com as mesmas variáveis nacionais (provas de português, matemática e índice de aprovação dos alunos - que leva em conta o abandono escolar) e portanto é possível fazer essa comparação. Para o 5º ano, o IDEB esperado é de 4,2; no 9º ano, 3,3 e no 3º ano do Ensino Médio 3,2. Os números nacionais relativos ao ano de 2011 ainda não foram divulgados.
BÔNUS
Até o último dia útil de julho, todos os 24.145 trabalhadores da educação da rede estadual serão beneficiados com o Bônus de Desempenho Educacional (BDE). Esses profissionais trabalham nas 520 unidades e Gerências Regionais de Educação (GREs) que vão receber o incentivo por terem alcançado as metas estabelecidas no Idepe. O investimento total será de R$ 51,5 milhões.

Para receber o bônus, as GREs e as escolas precisaram cumprir pelo menos 50% da meta acordada com a Secretaria de Educação, através de um termo de compromisso. Das 520 unidades, 369 cumpriram 100% da meta. 


ESCOLAS DE REFERÊNCIA
 - Os maiores índices ficaram com as Escolas de Referência em Ensino Médio (EREM). Para o secretário de Educação, isso aponta a eficiência do modelo de educação integral e semi-integral do estado. A maior nota de toda a lista foi o 5,7 da EREM Arnaldo Assunção, em Caruaru. No total, vinte escolas obtiveram o índice maior ou igual a 5. Atualmente, a rede estadual de ensino conta com 217 Escolas de Referência em Ensino Médio, sendo 117 integrais e 90 semi-integrais em 138 municípios do Estado.

Lista das 20 escolas de referência com Idepe acima de 5:
1 - Arnaldo Assunção - Caruaru - 5,7
2 - Luiz Alves da Silva - S. Cruz do Capibaribe - 5,57
3 - de Bezerros - Bezerros - 5,45
4 - de
 Timbaúba - Timbaúba - 5,38
5 - Prof Adauto Carvalho - Serra Talhada - 5,36
6 - Alfredo de Carvalho - Triunfo - 5,35
7 - Bendita de Morais Guerra - Macaparana - 5,35
8 - de Panelas - Panelas - 5,26
9 - de Salgueiro - Salgueiro - 5,2
10 - Clementino Coelho - Petrolina - 5,16
11 - de Belo Jardim - Belo jardim - 5,16
12 - Josias Inojosa de Oliveira - Araripina - 5,14
13 - Maria Vieira Muliterno - Abreu e Lima - 5,13
 
14 - Dr.Walmir Campos Bezerra - S. José Belmonte - 5,1
15 - de Garanhuns - Garanhuns - 5,1
16 - Aura Sampaio Parente Muniz (Semi-integral) - Salgueiro - 5,09
17 - Nóbrega - Recife - 5,02
18 - Arao Peixoto de Alencar (Semi-integral) - Ipubi - 5
19 - José de Almeida Maciel - Pesqueira - 5
20 - Ageu Magalhães (Semi-integral) - Recife - 5

NOTA DO BLOG: INFORMAÇÕES PRELIMINARES DÃO CONTA QUE DAS DUAS ESCOLAS ESTADUAIS DE VICÊNCIA, APENAS A PADRE GUEDES TERIA ATINGIDO 100% DAS METAS ESTABELECIDAS. A ESCOLA Dr. JOAQUIM CORREIA (CERu.) TERIA CHEGADO A 72% (DADOS A CONFIRMAR).

0 comentários:

Postar um comentário

Os comentários serão lidos pelo editor antes de serem publicados. Ofensas pessoais não serão aceitas. Tem algo a denunciar? Mande-nos um e-mail com as respectivas provas e sua identificação completa.
Obrigado pelo acesso!